terça-feira, 25 de abril de 2017

Avène Esfoliante para peles sensíveis


Um dos meus problemas com pele sensível são os esfoliantes mas sinto muitas vezes necessidade de os usar. Recorro mais frequentemente aos químicos, como cremes de noite, máscaras e tónicos com ácidos, embora sinta que alguns me irritam a pele não a ferem e sinto que é mais tolerável, aplicando produtos calmantes de seguida.

Ainda assim, às vezes sinto necessidade de usar um esfoliante de acção mecânica, ou seja, aqueles mais comuns, com algum tipo de grânulos para ajudar a remover as células mortas.



Há uns tempos resolvi pedir da Fapex um esfoliante da Avène para peles sensíveis. A par da La Roche-Posay é das marcas com as quais a minha pele se dá melhor por serem formuladas para peles sensíveis, independentemente da condição dela (mista, seca, oleosa, desidratada...). 

O Gommage doux Purifiant contém 50ml e custou-me cerca de 13€. Contém microsferas de polietileno e cera de jojoba que eliminam suavemente as peles mortas e salicilato de sódio que completa a esfoliação mecânica realizada pelas microsferas. A Água termal d'Avène, suavizante e dessensibilizante, deixa na pele uma agradável sensação de frescura. 

Provavelmente não voltarei a comprar este esfoliante porque contém microsferas que são altamente poluentes mas não tinha conseguido perceber isso antes de o encomendar (online).

Como esfoliante, é um produto bastante suave, que aconselharia sem dúvida a peles sensíveis, as microsferas não agridem minimamente a pele ao massajar o rosto com o produto. Em contacto com a água cria ainda uma emulsão ligeiramente espumosa que ajuda a limpar a pele. É um esfoliante bom para peles muito sensíveis (e imagino-o a ser também para quem tem acne e não pode usar qualquer esfoliante) mas não me encheu as medidas dentro do que procurava! 




sexta-feira, 21 de abril de 2017

Cabelos secos com Stratti e Novex


Com o cabelo minimamente crescido desde há 2 anos, voltei a ter de recorrer diariamente a cremes de pentear e amaciador/máscara.

Para me ajudar na tarefa, moram cá em casa os produtos da Novex, da linha D-pantenol, que já não são novidade aqui pelo blog, pelo menos o shampoo. Já o tinha usado, juntamente com o condicionador mas achei que não era assim tão hidratante como prometia e agora vou experimentar a máscara (que com este tamanho vai demorar horrores a acabar). Muitas pessoas dizem não gostar desta linha porque deixa o cabelo melado, para mim é perfeita, dou-me muito bem com ela!


O que estou a usar de momento são os produtos da Stratti, da linha de Coco para cabelos secos. Já tinha usado a linha de chocolate, quando tinha o cabelo muito estragado da permanente que me fizeram, e tinha gostado do efeito dela no cabelo mas detesto o cheiro.

A linha de Coco despertou-me mais curiosidade pelo cheiro (se bem que quase todas as linhas da marca cheiram imensamente bem). Uso a máscara praticamente dia sim dia não como amaciador, em complemento do shampoo porque sinto que o shampoo sozinho não é suficiente. Cheira muito bem, deixa um leve cheirinho a Coco no cabelo mas não do tipo que desfilamos na rua e deixamos o rasto a cheiro a coco para trás! Sinto o cabelo muito macio e brilhante! 



Para ajudar a pentear andava a usar também um da Novex em spray que entretanto acabou e passei para a recarga também da Stratti, esta de frutos vermelhos porque este produto não existe na linha de coco. A linha de frutos vermelhos é indicada para cabelos pintados e este produto promete ser enriquecido com queratina e antioxidantes para proporcionar uma reconstrução da fibra capilar e manter a cor por mais tempo, brilhante e luminosa.

Adoro o cheiro deste produto! Ajuda-me a amaciar e a pentear o cabelo e só lamento que seja em bisnaga, acho muito mais prático quando estes produtos são em spray e não me obrigam a ir lavar as mãos depois de aplicar. Já pensei tentar colocá-lo no frasco do spray da novex porque o produto não é muito espesso, qualquer dia hei-de experimentar! 



quarta-feira, 12 de abril de 2017

Flowery gray


Eis que chegam os dias de calor e parece que estamos em Agosto em Abril, que devia ser "águas mil"! Esta semana já me custam a calçar sapatilhas e o tempo já pede as Havaianas nos pés e calças frescas...

Passados dois anos de ter cortado o cabelo super curtinho é a primeira vez que o sinto já comprido e já dou uso novamente a elásticos, cremes de pentear e escova de cabelo, coisas que andavam praticamente banidas dos meus dias. E cá dentro de mim o "bichinho" já pede uma tesourada! Vai, não vai, ando indecisa! 😊














Top - H&M, Casaco de malha | Knitwear - Lefties, Calças | Pants - Zara
Sapatilhas | Sneakers - Adidas Stan Smith, Carteira | Handbag - Damaged Duchess
Boné | Cap - Springfield (roubado da irmã | stolen from my sister)
Óculos de sol | Sunglasses - Mango
Brincos | Earrings - Feitos por mim | Made by me, Colar prateado | Silver Necklace - Mesh, Medalha em prata dourada | Gold Sterling Silver Medal - Bárbara Goyri, Anel turquesa | Turquoise - Lia Gonçalves, Anel prata | Sterling Silver Ring - Unike, Pulseira de prata | Sterling silver bracelet - Pandora

segunda-feira, 27 de março de 2017

Army Green & Red


Olá, por cá o blog anda parado desde o Natal, senti que precisava de uma pausa para me dedicar mais a outras coisas, talvez a partir de agora consiga publicar mais, talvez não...

Ultimamente tenho andado a restaurar/reciclar mobília antiga e para quem quiser pode espreitar o meu novo projecto Dubaus. Isto tem-me feito passar muito tempo na garagem, de leggings, sapatilhas velhas e camisolas quentinhas. Portanto, ultimamente maquilhagem, roupas bonitas e afins, só aos fins-de-semana, quando tenho vontade para tal! 

Quando saio de casa tenho optado por roupa confortável, rendi-me às sapatilhas e a andar de mochila, coisa que não fazia há muitos anos, muitas vezes por me facilitar a vida, permite-me transportar várias coisas e manter as mãos livres para andar a carregar mobília quando encontro peças novas. Nos dias de chuva, nada como umas galochas confortáveis, da Butterfly Twists, das quais já tinha falado aqui no blog.

Pouco antes do Natal pedi umas peças da Zaful e um dos casacos tem sido o meu companheiro diariamente desde a altura, pouco variando. Combina com tudo, é confortável e muito quentinho com o interior em pêlo. Já pedi desta loja umas seis peças e fiquei muito satisfeita com todas, à excepção de um vestido que o tecido dele mais parecia plástico (em compensação foi mesmo muito baratinho).

Aliado a isto tudo, chateia-me este tempo bipolar, que ora faz frio, ora faz calor e tão depressa esrá sol como chove (como se pode comprovar nas imagens abaixo). Deixo-vos portanto algumas imagens, que certamente comprovam o porquê de muitas pessoas duvidarem que já passei dos 30 anos!! 😄


















Casaco|Jacket - Zaful, Casaco de Malha|Knitwear - Benetton, Camisola de Algodão|Inside Cotton Sweater -Primark, Jeans - Mango
Galochas|Rain Boots - Butterfly Twists, Mochila| Backpack - Lu Capel 
Relógio|Watch - Zaful, Óculos de sol|Sunglasses - Parfois, Anel|Ring - Joalharia de Autor Verónica Leonor, Pulseira|Bracelet - Pandora, Brincos|Earrings - Local Store



sábado, 10 de dezembro de 2016

Makeup Revolution Sugar and Spice





Num dos encontros de bloggers que organizei, recebi um blush da Makeup Revolution, dos mais baratos da marca e num rosa bastante neutro e fácil de usar em qualquer ocasião. Gostei tanto dele que durante uns tempos usei-o praticamente todos os dias, em detrimento de todos os outros que cá por casa andam.

A marca tem alguns produtos que me chamaram a atenção desde o início mas nunca me senti muito tentada a comprar nada, embora tenha uns preços convidativos. Num impulso, acabei por comprar uma das paletas de blushes da marca na Fapex, a Sugar and Spice. depois de a ver nalguns blogs e as cores me suscitarem curiosidade.

A caixa é em plástico preto, bastante leve para o tamanho que tem e com um espelho a toda a largura.

A paleta Sugar and Spice é composta por oito cores, seis matte e duas com brilho (as duas da direita de cada fila), todas entre o pêssego e rosa. Elas são todas bastante coloridas, tanto que a que mais uso no dai a dia (muito frequentemente) e mais gosto é a mais clarinha de todas (a segunda da fila superior) e acabei por nunca usei as duas cores com brilho. 

Nos blushes individuais senti que eram muito poeirentos, nestes isso não acontece, pelo contrário. Quando os retirei pela primeira vez com o dedo para experimentar achei-os até cremosos e com muita cor mas, por algum motivo, sinto alguma dificuldade em retirar produto com o pincel, parece que o pó não adere, mais numas cores do que noutras.

Esta paleta custou 11€, o que dá cerca de 1,30€ por cor...Para quem dá uso a todas as cores, ou à maioria, pode ser uma boa aposta, eu por muito que queira acabo sempre por ter mais tendência para uma cor e as outras acabam por ficar esquecidas...

Depois de ver as cores e da minha tendência, acho que talvez desse mais uso à mesma paleta mas nas cores Hot Spice.